Catarina Távora

Coordenadora pedagógica

catarinaosf.pt

Violoncelista, professora de música e coordenadora dos projectos pedagógicos da Orquestra Sem Fronteiras.
Membro fundador do Ensemble MPMP, colabora regularmente com a Orquestra Gulbenkian e o Ensemble Divino Sospiro.
Coordenadora dos Encontros Ibéricos para a Música na Infância e dos Laboratórios de Escuta Criativa promovidos pela Orquestra Sem Fronteiras.

Em 2018 concluiu com elevada classificação o Mestrado em Ensino da Música, com especialização em Metodologia Kodály, no Real Conservatório de Haia, onde estudou também violoncelo barroco e canto. É licenciada em violoncelo pelo Conservatório de Amsterdão e pela Escola Superior de Música de Lisboa.
Estudou com Luís Sá Pessoa, Paulo Gaio Lima, Irene Lima, Xavier Gagnepain, Monique Bartels, Gideon den Herder, Daniel Esser, Viola de Hoog, Dmitri Ferschtman, entre outros.

Coordenou nas temporadas de 2016 a 2018 a produção dos estágios pedagógicos da Orquestra XXI na Casa da Música, destinados a alunos do ensino vocacional de música. Trabalhou como professora de violoncelo, orquestra e expressão musical em vários conservatórios e academias de música do país.

Apresentou-se a solo e em conjunto em diversas salas de concerto nacionais e internacionais (Holanda, França, Alemanha, Espanha, Brasil, entre outros).

Crente no poder humanizador da música e do contacto com as artes em geral, um dos seus maiores interesses é a forma como os educadores podem promover experiências musicais profundas e significativas para os educandos.